Bolsonaro leva facada de comunista suposto militante do PT em ato de campanha em Minas Gerais

Atentado comunista ao candidato a presidência, líder nas pesquisas Jair Bolsonaro

O candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) levou uma facada na barriga em um ato de campanha em Juiz de Fora (MG) nesta quinta-feira (06/09/2018). A informação foi confirmada pela Polícia Militar mineira e pela Polícia Federal.

Um homem, identificado como Adélio Bispo de Oliveira, foi preso em flagrante.

O presidenciável foi levado para a Santa Casa de Juiz de Fora. Às 17h30, o hospital informou que "o paciente Jair Messias Bolsonaro deu entrada no hospital por volta das 15h40 com uma lesão por material perfurocortante na região do abdômen". Em seguida, ele foi atendido na urgência, passou por um exame de ultrassonografia e passou por cirurgia.

Atentado comunista ao candidato a presidência, líder nas pesquisas Jair Bolsonaro
Bolsonaro é o primeiro colocado nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência do Brasil
Tentativa de Assassinato ao candidato a presidente líder nas pesquisas, Jair Bolsonaro em Minas Gerais

Mundo político condena atentado contra Jair Bolsonaro

"Foi mais grave que esperávamos", diz filho de Bolsonaro


O deputado estadual e candidato do PSL a senador pelo Rio, Flávio Bolsonaro, afirmou no início da noite desta quinta-feira 06/09/2018, no Twitter, que o ferimento sofrido pelo presidenciável Jair Bolsonaro foi pior do que se esperava.

"Infelizmente foi mais grave que esperávamos. A perfuração atingiu parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino. Perdeu muito sangue, chegou no hospital com pressão de 10/3, quase morto... Seu estado agora parece estabilizado. Orem, por favor!", afirmou na rede social.

Já o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), outro filho do presidenciável, disse que está indo para Juiz de Fora (MG) e que as informações sobre o estado de saúde do candidato ao Planalto estão desencontradas.

Pelo Twitter, Eduardo pediu aos internautas que tenham fé e orem pelo pai. "Soldado que vai a guerra e tem medo de morrer é um covarde", citou.


Bolsonaro leva facada em atentado comunista durante campanha em Juiz de Fora

Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, foi esfaqueado durante um ato de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais na tarde desta quinta-feira, 06/09/2018.

  O presidenciável foi atingido no abdômen e, levado para a Santa Casa de Misericórdia da cidade mineira, passou por uma cirurgia de cerca de quatro horas. Segundo a equipe médica que operou o candidato à Presidência, ele sofreu lesões nos intestinos delgado e grosso. O quadro dele é “grave, mas estável”. O suspeito do ataque, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi preso e está custodiado em uma delegacia da Polícia Federal.

Após a operação, Jair Bolsonaro foi levado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa. Ele já retomou a consciência e recebeu familiares e assessores. Os médicos esperam que ele passe pelo menos de sete a dez dias internado. Uma transferência ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, foi solicitada pela família do presidenciável e será analisada nas próximas horas, quando uma equipe do hospital paulistano chegará a Juiz de Fora.

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, foi atingido por uma faca em tentativa de assassinato durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG).

O comunista suposto militante do PT e autor confesso é Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos. Nas redes sociais, Adélio fez publicações críticas ao deputado federal. Ele foi preso em flagrante e foi instaurado inquérito policial.

Segundo os filhos do presidenciável, o corte é “superficial”, mas o fígado foi atingido e ele será submetido a uma laparotomia, informaram os parentes à GloboNews. A emissora também veiculou uma imagem que mostra o presidenciável em uma maca, atendido por uma equipe médica.

Muitos vídeos na internet mostram o momento em que ele foi atingido.






Jornal O BANDEIRANTE

Comentários