O comunista que tentou matar Bolsonaro disse cumprir 'ordem de Deus'


O comunista Adelio Bispo de Oliveira foi detido imediatamente
 após tentar matar Bolsonaro com uma faca

Identificado como o autor confesso da facada que atingiu o candidato à presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, na quinta-feira (06/09/2018) em Juiz de Fora (MG), Adelio Bispo de Oliveira,40, disse que estava cumprindo“uma ordem de Deus”. 

Jair Bolsonaro foi atacado enquanto participava de um ato de campanha nos arredores do Parque Halfeld —um dos locais mais movimentados da cidade mineira. O político estava sendo carregado nos ombros por apoiadores quando foi atingido por uma facada desferida pelo comunista, suposto militante do PT e ex. Psol.

A lista de filiados políticos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa que Adelio Bispo de Oliveira integrou os quadros do PSOL entre 2007 e 2014. 

O comunista que tentou martar Bolsonaro disse cumprir 'ordem de Deus'





Jornal O BANDEIRANTE

Comentários